domingo, maio 24, 2009

Deixa-te ser olhado!

(pelo Amor de Deus)
Olá!
Esta semana, venho-vos falar de uma história verídica, que ocorreu a anos atrás, aqui, na ilha de São Miguel, aquando da maior procissão da ilha, a procissão do Senhor Santo Cristo do Milagres.
Há alguns anos atrás, houve uma curiosa e educativa história quando a procissão passava. Um avô estava a ver a procissão a passar com o seu neto. Porém, a criança era cega. Então o avô disse ao neto que o Senhor iria passar. Aí a criança pediu para que o avô lhe pegasse ao colo, mas o avô intrigado logo perguntou, porque queria ir ele para o colo se ele era invisual e não conseguia ver a imagem. Prontamente a criança respondeu-lhe: «Não é para eu lhe ver, mas sim para Ele me ver!»

Jovens!


O olhar de Cristo, muitas vezes é para nós, algo incomodativo! Mas não deve de o ser... este olhar é um olhar de ternura, de carinho, de amor, de paz, é um olhar de bênção! Experimentem um dia olhar Jesus frente a frente, lágrima a lágrima, sorriso a sorriso, entrega a entrega, mão na mão, coração a coração, na mútua doação e no mútuo recebimento. Aceita-te ama-te perdoa-te. Deixa-te ser amado, deixa-te ser perdoado, deixa-te ser olhado por Jesus. Para além de ti só Ele te conhece do princípio ao fim. Ele escolheu-te mesmo antes de existires… Olha-te! Tens o Espírito em ti.

Olha-te! O que fizeste e fazes com o Espírito recebido?!? Prepara-te! Irás recebê-lo de novo no próximo fim-de-semana. Usemos este Espírito para anunciar as maravilhas de Deus!
Sejamos de coração puro perante Deus tal qual aquela criança.Ele sabe tudo de nós, por isso não nos afastemos ou sintamo-nos envergonhados por isso, mas sim, sintamo-nos bem-aventurados, porque somos um dos seus eleitos.



Nesta semana… deixemo-nos ser olhados e que na oração encontremos calma!



Deixemo-nos ser olhados e também olhar (!), para que possamos dizer:



FORA DE TI, PARA MIM, NÃO HÁ AMOR!

Nuno Sousa
Fonte: Cristo Jovem

2 comentários:

zélia disse...

Quando começei a ler o texto, pensei logo que haveria de acontecer um milagre na vida daquele menino...talvez voltasse a ver após a pasagem da imagem...mas umas linhas abaixo percebi que isso não aconteceu...mas acima de tudo percebi que o verdadeiro milagre tinha a acontecido no coração daquela criança...pois esta amava-se tal e qual como era... e era assim que se apresentava perante Deus e os outros, defacto "na vida não há milagre a vida é um milagre que nos é oferecido"


obrigado pela partilha....

zélia

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.