domingo, junho 08, 2008

Até sempre...

Na melodia da nossa vida a musica é interrompida aqui e ali por "pausas"... e nós, sem reflectirmos, pensamos que a melodia terminou. Deus envia-nos, ás vezes, um tempo de pausa.
Pode ser uma provação, planos fracassados, esforços frustados um tempo de repouso... mas na verdade é preciso fazer uma pausa... E faz uma pausa repentina no coral da nossa vida. Mas como é que o maestro lê a pausa? Ele continua a marcar o mesmo compasso com a mesma precisão e toma a nota seguinte com firmeza, como se não tivesse havido interrupção alguma. Deus segue um plano ao escrever a música da nossa vida. A nossa parte deve ser aprender a melodia e não desmaiar nas "pausas". Elas não estão ali para serem passadas por alto ou serem omitidas, nem para atrapalhar a melodia ou alterar o tom, e sim para aprimorar. Se olharmos para Deus, ele marcará o compasso para nós. Não nos esqueçamos, contudo, de que "ela ajuda a fazer a música". Com os olhos nele, vamos ferir a proxima nota com toda a clareza sem mermurarmos tristemente: "na pausa não há musica".
Compor a música da nossa vida é geralmente um processo lento e trabalhoso. Com paciência, Deus trabalha para nos ensinar! E quanto tempo ele leva até que aprendamos a lição! Lembre-se a pausa não dura muito, é apenas um tempo sufeciente para que você se renove e continue... Ela apenas serve para continuar a musica!! "Olhe melhor a sua volta...Viva a vida!

a
Este texto vem de encontro ao que sentimos ontem quando nos foi dito que o grupo Fé e Missão do centro iria acabar.
É tempo de olhar o futuro e seguir em frente. A vida não acaba aqui e novas ideias já surguiram para que tudo o que vivemos e aprendemos nestes anos de Fe e Missão possam dar frutos no futuro.

a
Fica a gratidão à família Comboniana por tudo o que nos deu!

3 comentários:

Liliana disse...

Um grupo Fé e Missão, (norte, centro, sul,ou o grupo todo) nunca acaba! Tenho a certeza que o que aprenderam vão po-lo em pratica!

Tenho a certeza que outras ideias surgirão, e assim olhar para trás não com a tristeza de que devia ter continuado, mas com a alegria de pensar o que fazer para continuar na Fé e Missão comboniana.

É verdade, novo ano, nova vida! Por aqui (Norte) também vamos sofrer remodulações. Mas será preciso muito mais para deitar um grupo como este abaixo!

Mas lembrem-se: Uma musica deixa de ser musica se não houver pausas, a vida deixa de ser vida se não tivermos destes "testes".

Anónimo disse...

Infelizmente sofremos com as mudanças! O diferente assusta. Não seremos para sempre jovens... outros virão.
Mas se Deus quiser teremos para sempre Fé e seremos missionários em terras de cá... (ou de lá... quem sabe!).

Um beijo,
Madalena.

Jacinta disse...

O Fé e Missão não acabou e espero que não acabe nunca,os jovens que já percorreram o caminho de dois anos é que agora vão continuar uma nova caminhada pós-FM, mas seremos sempre o grupo FM, participando e ajudando outros jovens a participarem nas nossas actividades, espalhando as sementes que nos deram no FM durante estes anos.

Tal como a Lili disse "o grupo todo", este ano senti que nos dividimos um pouco e não tivemos o clima de grupo na totalidade mas em partes, talvez porque as experiências são diferentes e a distância também ajuda, mas não esqueçamos que somos um grupo que vive unidos em diferentes sitios.

Sei que vão surgir boas ideias para uma nova caminhada, uma continuação do FM. =D

Beijinhos para todos e até há caminhada! =D

********

JA