quinta-feira, abril 24, 2008

Dai-nos a Paz

Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos
A paz sem vencedor e sem vencidos
Que o tempo que nos deste seja um novo
Recomeço de esperança e de justiça.
Dai-nos Senhor a paz que vos pedimos


A paz sem vencedor e sem vencidos

Erguei o nosso ser à transparência
Para podermos ler melhor a vida
Para entendermos vosso mandamento

Para que venha a nós o vosso reino
Dai-nos

A paz sem vencedor e sem vencidos

Fazei Senhor que a paz seja de todos
Dai-nos a paz que nasce da verdade
Dai-nos a paz que nasce da justiça
Dai-nos a paz chamada liberdade
Dai-nos Senhor paz que vos pedimos

A paz sem vencedor e sem vencidos


Um poema de Sophia Mello B. Andersen

2 comentários:

caminante disse...

Que Dios os ben diga.
La Paz brota, vigorosa, de un corazón limpio, de un corazón plenamente entregado a Dios, de un corazón que es TOTUS TUUS.
Un fortísimo abrazo.

Dulce André disse...

Deus te abençõe no voo da pomba branca,simbolo do Espirito Santo e da paz fraternal.
Que o teu voo seja tão alto no Universo criador que a tua imagem se confunda com o da pomba branca.

Saudações de Luz