terça-feira, janeiro 02, 2007

"Deus é alegria infinita"

Visita ao Carmelo de S. Teresa
Coimbra



Olá pessoal!

A nossa visita ao Carmelo em Coimbra foi simplesmente espectacular!

Depois de vermos a capela, entrámos para uma sala onde nos instalámos, e nessa sala havia umas grades, e do outro lado outra divisão onde as irmãs se sentaram. Ao principo as grades fizeram-nos um pouco de confusão, mas no final parecia que não queriamos sair de lá...

Acho que ninguém saiu de lá desanimado, embora com poucas horas de sono, conseguimos rir, escutar, falar e cantar, foram momentos lindos.

Muitas eram as questões que passavam pelas nossas cabeças:

Como se pode ser tão feliz "isolado" do mundo? Como se descobre uma vocação? Como é o dia-a-dia de uma carmelita? Entre muitas outras perguntas que foram surgindo com o convivio.

O que posso dizer é que ficámos todos muito contentes de ter ouvido o testemunho das irmãs, de poder tirar as dúvidas que nos surgiram, de poder ver o sorriso maravilhoso de cada irmã, os seus olhares de acolhimento, e a sua alegria de entrega. Elas são as responsáveis pelo envio de tudo o que nos acontece a Deus, são elas que oram por nós para que consigamos "cá fora" continuar aquilo que elas começaram.

E, já agora, vejam as nossas fotos e a mensagem que elas deixaram para todos nós.

Obrigada às irmãs que nos proporcionaram uma tarde espectacular, que nos mostraram o dom da entrega total a Deus.

E esta é a mensagem da irmã Lúcia que vos deixo para hoje:

Jovens,
não tenhais medo de entregar
tudo ao Tudo!
Deus quer precisar da vossa generosidade,
a Igreja e os outros precisam
de vós.
Ir. Lúcia

4 comentários:

Rute Cerqueira disse...

Bem...eu ia postar alguma coisa sobre este encontro mas já vi que te adiantaste minha linda!

Pois sem duvida foi começar o ano de uma forma diferente, foi excelente este encontro. Todas as perguntas e duvidas surgiam em milesimos de segundo. Mas,sempre, com alegria as irmãs responderam-nos. Nunca iamginei que fosse assim...clausura para mim significava PRISÃO...mas AGORA significa LIBERDADE!

Obrigado Às irmãs por este começo de ano diferente e as grades são o que mais nos aproximam...é visivel numa das fostos a nossa alegria (mutua) e a nossa vontade de ficarmos agarrados aquelas grades para estarmos mais proximos.

Agora tenho a noção que há alguém a rezar por nós, pelos nosso sonhos, preocupações, familias... e não te esqueças jovem que lês este comentario também rezam por ti através DELE e sua MÃE.

Jesus disse: «Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração e achareis descanso para as vossas almas»

Um pensamento de Sta Teresinha: "Quero abaixar-me humildemente e submeter a minha vontade à das minhas Irmãs, sem as contradizer em nada e sem procurar saber se elas têm ou não o direito de me dar ordens."


Beijinhos e um forte abraço em Cristo*

Madalena disse...

Quando parti para a passagem de ano, em Coimbra, uma das minhas maiores expectactivas era em relação a esta tarde, de dia 1, no Carmelo.

Eu não sabia que era possível estarmos na presença destas irmãs, quando soube, pelo Padre João, que teríamos a oportunidade de estar com elas, fiquei muitissimo entusiasmada.

Quem me conhece sabe que sou uma pessoa de afectos. E que estes se completam pela presença física das pessoas na minha vida. Por isso talvez as tais grades, me chocaram tanto. NA verdade ver tudo aos quadradinhos é estranho e até cansa a vista. É que eu queria vê-las BEM. Fiquei muito comovida assim que as irmãs entraram para a sala. Os meus olhos encheram-se de lágrimas. De um momento para o outro, estas mulheres, que se doam gratuitamente por inteiro, estavam na minha presença, como se por mim pudessem ser alcançaveis.

Quis ouvir cada um dos seus testemunhos. Quis tentar perceber o que as faz doarem-se daquela maneira. Que generosidade é esta?!

Estas mulheres eram tão bonitas! Se pudessem ver os seus rostos iluminados, os seus sorrisos, os seus olhares, a sua voz! Como me deslumbraram!

Admiro tanto a sua capacidade de doação ao mundo e a Nosso Senhor. Abdicarem daquilo que para nós são metas importantíssimas e que para elas noutros momentos também já foram, porém, servir o mundo, para elas foi e é prioritário.

Acho que não devemos, nem podemos deixar de rezar por elas e pelas suas famílias, que nos oferecem as suas vidas.

Foi uma tarde muito especial para mim.

Obrigada a quem a proporcionou.

Mil beijos,
Madalena.

Carmelo Coimbra disse...

Deus é alegria infinita!
Foi muito bom partilhar esta alegria que trazemos dentro de nós convosco! Ficamos mais unidos na oração.

Mariana Inácio disse...

Olá a todos!! Foi simplesmente dos fins de semana mais gratificantes da minha vida! Há já muito tempo que não me encontrava comigo própria nem com Jesus. Fez-me muito bem toda a reflexão que fizemos, quer em grupo, quer individualmente e todo o convívio e partilha de experiências! Adorei! Beijos para todos e até uma próxima oportunidade!