domingo, março 01, 2009

~ 1º Domingo da Quaresma ~ Mc 1, 12-15

O Filho de Deus, no baptismo no Jordão, é mesmo Deus no meio de nós, pecadores, mas sem pecado, e por isso nosso Salvador. Jesus foi ungido pelo Espírito e assume a sua missão: ser Filho (Mc1,1.11;15,39). A tentação é por causa da missão que Jesus tem que assumir; não pelo caminho do poder, da vanglória e da riqueza, mas pelo caminho da cruz. Jesus vence a tentação decidindo o caminho da cruz.(Mc10,32)

As suas primeiras palavras são estas: "o Reino de Deus está próximo, convertei-vos e crede no evangelho" (Mc1,15)

A salvação é-nos oferecida mas sem conversão não estamos em condições de a receber.

Conversão é morrer para o pecado, ser baptizado e passar a uma vida nova: assiduidade à escuta da Palavra, à comunhão fraterna; à fracção do pão (eucaristia) e às orações.(Act2,42-47; 4, 32-35).

Jesus, após o baptismo, assumiu a missão, vencendo as tentações.

- Quais são as dificuldades ("tentações") que tornam difícil ser coerente no nosso compromisso de baptizado?

- Seguindo o exemplo de Jesus, como vencê-las?
"Anunciamos Cristo crucificado" Verbo Divino

2 comentários:

sister disse...

boa tentativa!

só sei uma coisa: com Jesus é possivel vencer as tentações! força!

boa semana

Maria João disse...

Obrigada por estas questões que nos fazem reflectir!!!


Tenho saudades vossas !!!!



beijos