quarta-feira, novembro 12, 2008

Quem és tu Senhor? FM sul - Outubro

Pois é, mais um encontro do F.M já passou e agora fica em nós a “vontade de mudar o mundo”, mas agora com uma “bagagem” maior, conhecemos melhor Quem nos ajuda a caminhar, Quem está sempre, Quem nos disponibiliza 24h por dia, o Senhor! O encontro começou com uma parte de um filme sobre S. Paulo, devido ao ano Paulino em que nos encontramos, o que nos ajudou a perceber melhor como foi a sua mudança radical a caminho de Damasco, a célebre “queda do cavalo” e a descoberta do imenso amor de Cristo.
Mas no sábado é que foi, as meninas de Porto de Mós chegaram! :D

Neste F.M tivemos uma grande falha, a falta do nosso “pastor”, Pe. Ivo, mas contamos com a sua partilha e enriquecimento dessa viagem à Etiópia no próximo F.M. Logo, devido à ausência do Pe. Ivo, foi o Luís que nos deu o “tempo catequético”, e pensamos que a frase que todos trouxemos, quase um slogan, foi: «jogas com Deus ao toque e foge?»
O almoço, como todas as refeições foi uma animação total! (depois de um F.M quem esquece as refeições? A paródia à mesa, a partilha dos 1001 acontecimentos ao longo do mês passado).
Para fazer uma digestão como deve de ser, foi-nos proposto apanhar azeitonas, ou melhor, apanhar pouco, mandar muito e entornar demasiado :P
Com certeza que todos nos lembramos do cheiro e das marcas que as azeitonas nos deixaram, algo tão pequeno, mas que é necessário algum esforço para cada uma, e decerto que não deixa o “apanhador” indiferente (pelo menos pelas mãos).
Será que para Deus, nós também não somos estas azeitonas? Pequenas, numerosas, mas frágeis e de muita utilidade quando bem “trabalhadas”? Será que temos esta noção? O “acompanhamento” e a vigília é algo inexplicável, apenas vivido naquele momento e sentido de maneira diferente por cada pessoa, mas há uma certeza tão intensa que Ele se encontra sempre presente connosco! :D
Inicialmente estávamos todos com um certo receio devido ao fim-de-semana do Fé e Missão coincidir com o da Festa Missionária, mas não poderia ter sido melhor coincidência! Houve algo forte, tão bonito! As crianças no espaço criança ouvindo o testemunho da Irm. Beta, o espaço jovem ouvindo o testemunho do Artur, e o espaço adulto pelo padre que chegou do Brasil, mais um missionário comboniano cinco estrelas!
Uma missa super animada, todos no mesmo espírito, viver o amor de Cristo!
P.S : Desculpem o grande atraso!

P.S2: Desculpem a imensidão do texto, mas ao começarem ficaram “agarrados” ao monitor :D

* As Meninas de Porto de Mós: Jânia, Maria e Mariana*

2 comentários:

Marta Ribeiro disse...

Bonito destemunho meninas de Porto-Mós...bjinhos da fé amiguita Marta

Ana Fetal disse...

Perceber o que têm andado a fazer as meninas de Porto de Mós é importante para mim pois sinto muito a falta delas principalmente da Mariana, da minha "filhota", noutro grupo que sei que ela adorava.
Nunca tive inclinação para me juntar a grupos como este mas sempre que as duas manas me falam disso, sinto-me envolvida pela felicidade e alegria que flui através das suas palavras e dos seus olhos.
Quanto a trocar alguma coisa para ir apanhar azeitonas, eu sei o que é. Já tive uma experiência parecida e sei que no final nos sentimos bem. Espero que continuem a divertir-se o máximo que puderem.
Mariana, tu fazes falta em qualquer lado e por isso é que nós gostamos tanto de ti e temos pena que tenhas saído. Mas já deu para ver que estás a fazer uma coisa que gostas. Aconteça o que acontecer vais ter sempre um lugar muito especial no meu coração. Nunca te esqueças disso.
(da tua Nucha)