quarta-feira, março 12, 2008

A cana de bambu

Havia um jardim junto da casa do Senhor. De todas as plantas, a preferida do Senhor era uma cana de bambu, esbelta e elegante.
Um dia, a Senhor aproximou-se dela e disse-lhe:
- Preciso de ti. E, para contar contigo, preciso de te arrancar.
- Arrancar-me? Falas a sério? Tudo menos isso.
- Se não te arranco, não me servirás.
- Senhor, se não te podes servir de mim sem me arrancares, arranca-me!
- Minha querida cana, ainda não disse tudo. É necessário que te corte as folhas e os ramos.
- Senhor, não me faças isso! Converter-me-ei numa planta ridícula!
- Se não te corto as folhas e os ramos, não me servirás.
- Está bem, Senhor, corta-mas.
- Minha querida cana de bambu, tenho ainda uma coisa a pedir-te. Terei que te cortar em duas e tirar toda a seiva. Sem isso, não me servirás para nada.
A cana de bambu não sabia o que dizer. Lançou-se ao chão e ofereceu-se toda ao Senhor.
Então o Senhor cortou as folhas e os ramos, partiu-a em dois e extraiu-lhe a seiva.
Depois foi para junto de uma fonte de água fresca próxima dos campos que há muito morriam de sede. Com muito carinho atou uma ponta da cana à fonte e a outra colocou-a no campo. A água que manava da fonte começou pouco a pouco a deslocar-se para o campo através da cana de bambu. O campo começou a ficar verde. Quando chegou a Primavera, o Senhor plantou arroz. Os dias foram passando até que chegou o tempo da colheita. Com ela o Senhor pode alimentar o seu povo.
a
a
É muito fácil sermos uma cana bonita e bem enraizada, mas se nos é pedido que deixemos o nosso comodismo, o nosso quotidiano, os nossos vícios, aí as coisas mudam.
Se tivessemos a capacidade de nos deixarmos moldar à maneira do Mestre, deixariamos de ser canas bonitas mas inuteis, para sermos o canal de transporte do amor de Deus aos outros.
Confiemos na mão do Mestre que sabe sempre a melhor maneira de nos moldar e que saberá, com toda a certeza, em que instrumento nos tranformar para podermos ser verdadeiros discipulos.

1 comentário:

M.João disse...

Descobri o vosso blog em "Jesus, meu Mestre".
Porque me senti bem nele, gostava de o recomendar em "Outros Caminhos".
Se estiverem interessados em partilhar connosco a vossa "Fé e Missão" venham "Caminhar do Sul" em www.alcacerdosalfatimaape.blogspot.com

Até breve!
M.João